Home » Justiça » Familiares de taxista que morreu com suspeita de coronavírus denunciaram
Thu, 04/23/2020 - 07:10

Familiares de taxista que morreu com suspeita de coronavírus denunciaram

image for Familiares de taxista que morreu com suspeita de coronavírus denunciaram
G1 - Globo / Google Imagens

Familiares de um taxista de 54 anos que morreu com suspeita de coronavírus denunciaram, neste domingo (19), que ele faleceu após ter o atendimento negado em dois hospitais de referência para pacientes com Covid-19 em Manaus. À espera de tratamento médico, ele teria morrido enquanto aguardava no Delphina Aziz, principal centro de atendimento na capital.

O G1 entrou em contato com a Secretaria de Estado de Saúde do Amazonas (Susam), mas não obteve retorno até a última atualização desta reportagem.

Segundo a denúncia, o paciente era de Manacapuru, no interior, e chegou a ser transferido para Manaus em uma UTI móvel - por falta de equipamentos no Hospital de Campanha recém-inaugurado em Manacapuru. A cidade é a que concentra o maior número de casos de Covid-19 no interior, com 201 casos e dez mortes já confirmadas.

Em todo o Amazonas, há 2.044 casos confirmados de Covid-19, com 182 mortes da doença, segundo boletim epidemiológico da FVS-AM.

Fonte consultada / blogxoblogdosblogs.blogspot.com

Compartelo en:
advertising

Comments